Buscar
  • redação

Histórias de Sucesso

CASE #3 - Quando a biometria chegou aos bancos brasileiros


Em 2012, a norte-americana Lumidigm nos propôs um desafio: falar para o mercado – sem citar nomes – que os principais bancos brasileiros estavam se preparando para implantar a identificação biométrica nos caixas eletrônicos. Um problema: um dos bancos privados mais populares já havia largado na frente adotando um sistema biométrico com identificação da palma da mão. Entretanto, o leitor biométrico da Lumidigm utilizava a tecnologia de imagem multiespectral para identificar a impressão digital com máxima precisão. Como as fraudes bancárias não são muito comuns no hemisfério norte, nos deixando desfalcados de referências e exemplos em que nos basear, tivemos de nos tornar expertos em Biometria e lançar, mês após mês, matérias que familiarizassem a população com essa tecnologia que até então havia sido introduzida apenas no sistema eleitoral – ainda incipiente.


Deu muito certo!



Os meios de comunicação passaram a falar com frequência da autenticação biométrica, fazendo com que nosso cliente ganhasse notoriedade – principalmente no mercado financeiro. Em 2015, quando a Lumidigm foi adquirida pela HID Global, continuamos nosso trabalho no Brasil com a missão extra de comunicar ao mercado que ela havia se tornado HID Biometrics. Nosso trabalho seguiu firme até o final de 2017, quando 2/3 dos caixas eletrônicos do país contavam com identificação de impressão digital Lumidigm. Enfim, nos orgulhamos por termos estimulado a população a conhecer melhor as vantagens e aplicações da tecnologia biométrica no Brasil – além de termos contribuído bastante para a boa reputação do nosso cliente, que se transformou em referência no setor financeiro.

0 visualização
Deixe seu e-mail e se mantenha informado
  • Grey Google+ Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey LinkedIn Icon
  • Grey Facebook Icon
  • Google+ Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • Facebook Social Icon